11/02/2019 às 13h32min - Atualizada em 11/02/2019 às 13h32min

Startup de ex-aluno da Unifei desenvolve sistema para o compartilhamento de créditos de energia

UNIFEI SITE

Uma matéria de Thaine Belissa, veiculada na versão online do Diário do Comércio, intitulada “Startup lança serviço de energia por assinatura”, informa que a empresa Enercred, da cidade de Pedralva, no Sul de Minas, “entrega ao consumidor pacotes de desconto de 10% a 20% na conta de luz, por meio de um modelo que transforma energia solar em créditos nas companhias de energia”.

 José Otávio Carneiro Bustamante, ex-aluno da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), é o atual CEO da Enercred, que oferece uma plataforma virtual para o compartilhamento de créditos de energia limpa, a qual conecta mini e microusinas geradoras de eletricidade a consumidores interessados em economizar com sustentabilidade.

 O Diário do Comércio apresenta a trajetória da startup desde 2015, quando José Otávio foi aos Estados Unidos apresentar o projeto de um painel solar híbrido e decidiu inovar seu negócio, ao conhecer o modelo de comunidade solar, em que “os consumidores faziam locação de um percentual da usina de energia fotovoltaica e se beneficiavam do uso de energia renovável sem precisar investir em equipamento”, como relata ele na matéria veiculada.

 Também são informados na veiculação os outros rumos que a empresa tomou nos anos de 2016 e 2017 para concretizar seu projeto, que de forma prática, consiste em fazendas solares que geram energia, a qual é injetada na rede de distribuição e transformada em créditos, sendo que os clientes pagam à startup uma mensalidade para usar tais créditos e, assim, podem reduzir o valor de sua conta de luz, economizando de 10 a 20% no valor que pagariam à fornecedora de energia.

 A matéria também revela que a startup possui, atualmente, 20 clientes, número que pode aumentar com a ampliação da capacidade de sua usina em Pedralva. Além disso, é informado que a Enercred está firmando contratos com empresas de energia, como a EDP, para alugar plantas solares e aumentar sua capacidade de geração de energia. Com isso, a empresa poderá atender 120 clientes até a metade deste ano.

 A expectativa de José Otávio, segundo o Diário do Comércio, é de que a Enercred aumente sua carteira para 3.000 clientes, já que ela está negociando com novos parceiros para a construção de uma usina maior no Norte de Minas Gerais, que terá a capacidade de geração de 5MW.

A integra da matéria sobre a Enercred veiculada na versão online do Diário do Comércio pode ser conferida em: http://diariodocomercio.com.br/sitenovo/startup-lanca-servico-de-energia-por-assinatura/?fbclid=IwAR1biTFBTqbpVTVNnclq0Drb34G3MOc0SLhnmIrnuTmBTD__34inRMBf0Kg

Sobre a Enercred

 Segundo informações já veiculadas no site da Unifei, a jornada da startup começou em outubro de 2015, no evento U-Lab Prototype Camp no Sloan School of Management do Massachusetts Institute of Technology (MIT). De lá para cá, o projeto foi remodelado e reinventado. Em abril de 2016, seus integrantes participaram do Desafio Solar para Modelos de Negócios Sociais, promovido pelo Greenpeace Brasil e pela NESsT.

 Já em 2017, a Enercred e a startup SunFlower Power System, aceleradas pelo LAB001, do Centro de Empreendedorismo Unifei(CEU), se destacaram como finalistas, além de outras quatro participantes brasileiras, no programa EDP Open Innovation 2017, cujo evento de premiação aconteceu na capital portuguesa. Na época, dentre quase 200 startups de todo o mundo, a SunFlower e a Enercred tinham sido selecionadas entre as 15 melhores.

 O LAB001, do CEU, que fazia, então, a aceleração das duas startups, é um programa desenvolvido pelo CEU, ligado ao Instituto de Engenharia de Produção e Gestão (IEPG), para fornecer suporte e mentorias e auxiliar no crescimento de startups de hardware e hard-sciences criadas por alunos da Unifei e pela comunidade da região.

 Mais informações sobre a Enercred podem ser obtidas em seu site, https://www.enercred.com.br/, no qual podem ser acessadas matérias relativas à startup veiculadas nas versões online de: Época, Greenpeace, Inovativa Brasil, Olhar Digital, StartSe e Valor Econômico.

 Nos seguintes links também podem ser acessadas matérias já veiculadas na página da Unifei sobre a Enercred:

https://2015.unifei.edu.br/noticia/ex_aluno_da_unifei_ganha_desafio_solar_greenpeace

https://unifei.edu.br/blog/startups-aceleradas-pelo-lab001-da-unifei-concorrem-a-premio-de-evento-internacional/

Bárbara Ferreira Viegas Rubim e José Otávio Carneiro Bustamante, sócios da Enercred, durante premiação em evento realizado em 2017.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual desses nomes deveria ser o próximo prefeito de Itajubá/MG

41.1%
19.4%
23.2%
4.5%
11.9%