26/01/2019 às 07h25min - Atualizada em 26/01/2019 às 07h25min

Equipes da Unifei são selecionadas para fase regional do evento internacional Hult Prize

UNIFEI SITE

Os alunos Yuri, Camila (que saiu da equipe), Ninive e Luana, membros da equipe Akangatu que venceu a etapa Unifei.

Os alunos Fernanda, Maria Julia, Renata e Leonardo, membros da equipe Net4Change, que ficou em segundo lugar.

 

A equipe organizadora e os jurados da etapa Unifei: Raissa (Avoa), Ana Beatriz (CEU), Caio (Ghimo), Bruno (CEU), Douglas (Eureca), Conrado (Dinheirama), Tatiane (Sebrae).

Finalistas, equipe organizadora e os jurados

 

 Organizado pelo Centro de Empreendedorismo Unifei (CEU), o evento Hult Prize On Campus, uma das etapas da premiação Hult Prize, ocorreu no dia 08 de dezembro, no campus sede da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) e contou com a participação de diversas startups.

 A vencedora da etapa da Unifei, Akangatu, é uma plataforma multilateral que conecta produtores e compradores dentro da economia verde. Ela avança, agora, para uma das 25 etapas regionais da premiação, com o objetivo de participar da grande final. As seleções acontecerão no decorrer do ano de 2019.

 O Hult Prize é uma premiação internacional de empreendedorismo social, considerada atualmente a maior do mundo. O objetivo da competição é acelerar startups de impacto e reunir os mais brilhantes universitários para solucionar problemas globais.

 Difundido mundialmente como o “Prêmio Nobel para Estudantes”, o evento é promovido pela Hult International Business School, uma instituição americana presente em diversas partes do mundo, e é subsidiado pelo empreendedor sueco Bertil Hult e sua família. Os ganhadores da premiação recebem o valor de 1 milhão de dólares em capital inicial, além de mentoria e conselho de uma comunidade internacional de negócios.

 Anualmente, milhares de estudantes de 130 países, representando mais de 600 instituições de ensino superior, competem para solucionar problemas enfrentados por bilhões de pessoas. Entre as escolas participantes estão Stanford, Harvard, Insead, Columbia, LBS, Hitotsubashi, Kaust e Mackenzie, dentre outras, ranqueadas pelo Financial Times Top 100 MBA programs”, como as melhores instituições relacionadas ao mundo dos negócios.

 A etapa Hult Prize On Campus realizada na Unifei contou com inscrição online e, por fim, apresentação (pitch) dos projetos inscritos, no dia 8 de dezembro. Os jurados avaliaram, entre outros quesitos, se a solução do problema está alinhada com o projeto e é sustentável, se a startup gera receita suficiente para permitir um crescimento consistente e se ela tem um plano comercial viável.

 Segundo o cronograma de atividades do evento, de março a maio de 2019, serão reunidas todas as equipes que mais se destacaram de cada universidade participante, em mais de 25 cidades diferentes, onde serão escolhidas as 50 melhores para avançarem para o Accelerator, em Londres. A equipe que venceu a edição Hult Prize on Campus Unifei, composta por Luana Almeida, Yuri Muniz e Nínive Torres, vai para o Rio de Janeiro, e a equipe Net4Change, que ficou em segundo lugar, composta por Renata Maldonado Gheno, Maria Júlia Casarini da Silva, Fernanda Ferreira Pereira e Leonardo Silva dos Santos, vai para Bogotá, na Colômbia.

 Entre junho e julho de 2019, as 50 melhores equipes passarão, dois meses, no Castelo do Hult Prize, em Londres, para aperfeiçoarem seus projetos com diversos momentos de mentoria. Destes serão selecionados seis projetos para a grande final em Nova York, que deve acontecer em setembro de 2019. Na ocasião, o prêmio de 1 milhão de dólares será entregue pelo ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton.

 Para mais informações sobre a premiação, os interessados devem acessar: http://bit.Iy/HULTPRIZEUNIFEI ou https://www.facebook.com/ceuunifei/.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual desses nomes deveria ser o próximo prefeito de Itajubá/MG

40.2%
18.3%
24.6%
4.3%
12.6%