16/11/2018 às 09h40min - Atualizada em 16/11/2018 às 09h40min

Unifei sedia lançamento da solução NB IoT – TIM/Ericsson promovido pela Inovai

UNIFEI SITE

Carlos Conti, diretor de Inovação da Inovai, conduziu um painel sobre as aplicações da NB IoT no ecossistema de empreendedorismo e inovação de Itajubá.

O evento foi realizado no dia 9 de novembro, no auditório do Centro de Excelência em Eficiência Energética (Excen), no campus sede da Unifei.

A abertura do evento contou com o pronunciamento do reitor da Unifei, professor Dagoberto Alves de Almeida.

O prefeito de Itajubá, Rodrigo Riera, também fez uso da palavra.

O gerente do Centro Tecnológico da TIM, Átila Leão Flores Xavier, durante seu discurso.

 

 A Universidade Federal de Itajubá (Unifei), sediou no dia 09 de novembro, às 14 horas, no auditório do Centro de Excelência em Eficiência Energética (Excen), o lançamento oficial da cobertura total de rede celular com protocolo NB IoT em Itajubá, utilizando a rede TIM e a plataforma de nuvens para soluções IoT (Internet das Coisas) da Ericsson.

 O evento foi uma iniciativa da Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (Inovai) e contou com as presenças das autoridades, representantes de instituições e entidades, palestrantes, empresários, integrantes da imprensa e demais convidados.

 De acordo com os organizadores do evento, a tecnologia Narrowband Internet of Things (NB IoT) permite conexões com baixo consumo de energia de área ampla (LPWA), em que pequenas quantidades de dados são transmitidas a longas distâncias por meio de dispositivos móveis ou máquinas dedicadas. A cobertura permitirá o desenvolvimento e o uso de aplicações de rede metropolitana de dados para sensores inteligentes e mobilidade urbana.

 O evento promovido pela Inovai associa-se às demais ações de promoção e fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo e inovação de Itajubá.

Abertura

 A abertura do evento foi feita pelo reitor da Unifei, professor Dagoberto Alves de Almeida, que agradeceu a presença dos visitantes e ressaltou a importância de os membros da Inovai estarem mais uma vez presentes na Universidade para o lançamento de uma tecnologia que irá beneficiar todo o ecossistema de empreendedorismo e inovação de Itajubá.

 Também fizeram uso da palavra o presidente da Ericsson Brasil, Eduardo Ricotta, e o gerente do Centro Tecnológico da TIM, Átila Leão Flores Xavier, que enalteceram a parceria celebrada entre as empresas que representam, a qual poderá trazer muitos benefícios para Itajubá e as demais localidades próximas.

 Por fim, o prefeito de Itajubá, Rodrigo Imar Martinez Riera, cumprimentou os participantes do evento e parabenizou as empresas envolvidas e as entidades integrantes da Inovai pela realização de algo tão significativo para a cidade e região.

Palestras

 Dando sequência ao evento, foi feita uma apresentação do “Plano Nacional de IoT” pelo servidor Alessandro Augusto Nunes Campos, que é tecnologista no Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e, atualmente, exerce a função de coordenador de Fomento, Pesquisa e Desenvolvimento na Pró-Reitoria de Extensão da Unifei.

 Na sequência, aconteceu a apresentação sobre “O potencial de IoT para negócios no Brasil” ministrada por Leandro Nobre, CTO da conta TIM – Ericsson. Engenheiro formado pelo Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), em Santa Rita do Sapucaí – MG, com 15 anos de experiência em redes móveis e desenvolvimento de serviços inovadores no mercado de telecomunicações, ele é responsável pela evolução tecnológica e estratégias de negócios da Ericsson com a TIM Brasil.

 Também foi feita a apresentação da “Solução NB IoT para o País”, pelo gerente do Centro Tecnológico da TIM Átila Leão Flores Xavier. Ele destacou que para ser colocado em prática um projeto como o que estava sendo lançado são necessários pesquisa e desenvolvimento e que é preciso criar toda uma infraestrutura especial.

 Após as colocações iniciais dos técnicos das empresas TIM e Ericsson, o diretor de Inovação da Inovai, engenheiro Carlos Vitor Rodrigues Conti, conduziu um painel sobre as aplicações da NB IoT no ecossistema de empreendedorismo e inovação de Itajubá, com uma breve apresentação e posterior discussão sobre as soluções desenvolvidas pelas startups de Itajubá com a tecnologia apresentada.

 Participaram do painel representantes de startups, como Silas Galvão Cezar Fernandes (Dyncir), Pedro Andrade de Oliveira (Liteleds) e Alexandre Rennó (Verth), e também de empresas de base tecnológica, como Matheus Lasmar Pereira (HVEX), Reinaldo Lima de Abreu (Smart M) e Higor Del Vecchio de Carvalho (Advantech).

 Antes do encerramento do evento, foi informado que o prefeito de Itajubá, Rodrigo Riera, estava concorrendo ao prêmio Prefeito Empreendedor na categoria Inovação e Sustentabilidade, sendo que de 853 cidades inscritas, foram escolhidas 32 na primeira fase, 10 na segunda fase e apenas 05 na terceira fase, estando Itajubá entre as cidades finalistas do prêmio, cuja entrega aconteceria no dia 13 de novembro, terça-feira, em Belo Horizonte.

 Ao final do evento, o diretor de Inovação da Inovai, Carlos Conti, agradeceu a parceria dos representantes das empresas TIM e Ericsson na promoção do evento, bem como a participação dos demais convidados, os quais foram convidados para um coffee break, na sequência, para que pudessem conversar, partilhar as experiências e conhecer as soluções desenvolvidos pelas startups de Itajubá com tecnologia NB IoT.

Cidades inteligentes

 Durante todo o evento, foi destacado o termo Cidades Inteligentes, que são projetos nos quais um determinado espaço urbano é palco de experiências de uso intensivo de tecnologias e informações sensíveis ao contexto de gestão urbana e ação social dirigidos por dados.

 Como apresentado em uma das palestras, acompanhar o trajeto do ônibus, controlar o consumo de água e energia de um condomínio e monitorar remotamente os sinais vitais de um paciente, entre outros, são exemplos de cidades inteligentes e de como a Internet das Coisas estará próxima do cotidiano das pessoas nos próximos anos.

 Segundo os expositores, a primeira demanda das chamadas Cidades Inteligentes é uma rede de fibra ótica, ou anel de fibra ótica, de alta velocidade, que permite que todos os dispositivos inteligentes possam se comunicar; a segunda demanda é uma rede metropolitana, focada na transmissão de informações de sensores e atuadores.

 Os palestrantes defenderam que a Internet das Coisas evoca uma visão de um mundo totalmente conectado, no qual dados e sensores transformam tudo e que a próxima geração de aparelhos funcionará com tecnologias 4G e 5G com protocolo específico para comunicação machine X machine.

Participações

 Pela Unifei, estiveram também presentes no evento, entre outros, os professores Edson de Oliveira Pamplona, pró-reitor de Extensão, e Carlos Henrique Pereira Mello, diretor de Extensão Tecnológica e Empresarial da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), além do professor José Policarpo Gonçalves de Abreu, que participou como convidado.

 O evento contou ainda com as presenças das seguintes autoridades: Christian Gonçalves Tiburzio e Silva, vice-prefeito de Itajubá; João Paulo Ferreira da Silva, secretário municipal de Informática; Gisele Paz Lima e Alves, diretora de Ciência e Tecnologia da Secretaria Municipal de Ciências, Tecnologia, Indústria e Comércio; Marcela Naves, diretora de Projetos da Secretaria Municipal de Planejamento; Elaine de Fátima Rezende, coordenadora do Sebrae na microrregião de Itajubá; Sandra Márcia Cortez, representante do presidente do Simmmei, Henrique Sérgio de Paula, e professor Cirineu Ferreira, diretor da Facesm.

Sobre a Inovai

 A Inovai foi criada em agosto de 2017, por um consenso entre entidades dos governos federal, estadual e municipal, associações de classe dos setores da indústria, do comércio e serviços e instituições de ensino. A associação se propõe a gerir, de forma colaborativa, as ações e atividades de inovação e empreendedorismo em Itajubá.

 A entidade tem como sócios fundadores a Unifei; a Prefeitura Municipal de Itajubá; a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Governo de Minas Gerais (Sedectes); a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas (Facesm); a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Itajubá (Aciei); a Câmara de Dirigentes Lojistas de Itajubá (CDL) e o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Itajubá (Simmmei).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual desses nomes deveria ser o próximo prefeito de Itajubá/MG

40.1%
18.3%
24.8%
4.3%
12.6%