24/12/2017 às 15h23min - Atualizada em 24/12/2017 às 15h23min

Unifei realiza 24ª Jornada de Iniciação Científica

Unifei
SITE UNIFEI

A Universidade Federal de Itajubá (Unifei) realizou a sua 24ª Jornada de Iniciação Científica durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), realizada em todo o Brasil com o objetivo de aproximar a população de várias instituições que realizam atividades científicas e tecnológicas.

 A Jornada de Iniciação Científica é um evento anual promovido e organizado pela Diretoria de Pesquisa e Inovação (DPI) da Unifei. A programação deste ano teve início com a abertura oficial, na qual estiveram presentes os professores Dagoberto Alves de Almeida, reitor da Unifei; Carlos Eduardo Sanches da Silva, pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, e Gilbert Silva, diretor de Pesquisa e Inovação. Em seguida, aconteceu a palestra ministrada por Eduardo Felix, master coach, com o tema “Multiplicando competências: a Equação do Sucesso”.

 Durante a realização da Jornada, foram apresentados 186 trabalhos no formato pôster e 20 apresentações de forma oral, no saguão do Prédio da Administração Central e no miniauditório da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG). Os trabalhos foram avaliados por alunos dos cursos de pós-graduação, como pós-doutorandos, doutorandos e mestrandos, como forma de integrar e propiciar a interação e a troca de experiências entre discentes dos cursos de graduação e os de pós stricto sensu.

 As apresentações foram feitas por alunos de Iniciação Cientifica (IC) que recebem bolsas de órgãos como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e também por alunos voluntários. Os trabalhos desenvolvidos foram orientados por docentes da Unifei e concentrados nas áreas de Física, Matemática, Educação, Informática e das engenharias Ambiental, Eletrônica, Elétrica e Mecânica. Em sua grande maioria, esses trabalhos apresentam cunhos práticos e servem como amostra das áreas de atuação dos pesquisadores da instituição.

 A realização da Jornada ficou sob a responsabilidade dos professores Carlos Eduardo Sanches da Silva e Mirian de Lourdes Noronha Motta Melo, da PRPPG; do professor Gilbert Silva, da DPI, e de Jussara Gomes da Silva, responsável pela coordenação das bolsas de iniciação científica.

 Após a realização do evento, os alunos de IC e seus avaliadores receberam certificados, e as horas dedicadas às atividades de IC foram inseridas no histórico dos alunos de graduação em forma de atividades complementares. Os resumos serão publicados nos anais que recebem número de ISBN – International Standard Book Number – sistema que identifica numericamente livros de acordo com título, autor, país e editora, individualizando-os, inclusive, por edição.

A Jornada na Unifei

 Para os alunos bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Júnior (BIC-Jr), da Fapemig; do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti) e do Programa Institucional de Voluntariado em Iniciação Científica (Pivic), do CNPq, a participação na Jornada de Iniciação Científica é obrigatória, pois é durante este evento que eles devem apresentar os resultados e as conclusões de suas atividades nos projetos de pesquisa.

 Por meio da PRPPG, a Unifei vem, ao longo dos anos, aprimorando as atividades de iniciação científica com incentivo e apoio a pesquisadores e discentes que desejam se dedicar às atividades de pesquisa e inovação. Atualmente, a UNIFEI, conta com 95 cotas de bolsas dos Programas Pibic e Pibiti do CNPq, 110 bolsas do Programa Pibic com financiamento da Fapemig e 06 bolsas institucionais, totalizando 211 bolsas de IC concedidas anualmente. Além disso, a Unifei conta com mais de 130 alunos envolvidos em projetos de IC através do Pivic.

 De acordo com informações da PRPPG, graças a importantes órgãos de fomento à pesquisa, como o CNPq e a Fapemig, principais financiadores das cotas de bolsas dos projetos de pesquisa, a Universidade vem, cada vez mais, criando formas de fomentar e qualificar seu corpo docente e incentivar os alunos a aprimorarem seus conhecimentos através da pesquisa. “Externamos nossos agradecimentos a todos os envolvidos na realização desse evento, em especial os comitês interno e externo institucionais, avaliadores de projetos, orientadores e alunos participantes”, disse o professor Carlos Eduardo, da PRPPG.

A SNCT

 Visando atender a vocação coletiva da ciência e da tecnologia, através do esforço conjunto de instituições de ensino e pesquisa de Itajubá, foi realizada na cidade, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Promovida pelo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), seu tema neste ano foi “A Matemática está em tudo!”.

 Em Itajubá, a SNCT foi realizada, neste ano, pelo Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA/MCTIC) em parceria com a Unifei; a Prefeitura Municipal de Itajubá (PMI), por meio da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio (Smict); a Escola de Enfermagem Wenceslau Braz (EEWB); a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas (Facesm); a Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIt) e a Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá (Fepi). Também fizeram parte da parceria o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Serviço Social da Indústria (Sesi), por meio de suas unidades na cidade de Itajubá.

 De 24 a 28 de outubro aconteceram no Teatro Municipal Christiane Riêra, das 8h às 12h e das 14h às 18h, as exposições: Matematicando na Astronomia (LNA); Da robótica ao cubo mágico, a Matemática está em tudo (Senai); Nossa saúde em números (FMIt); Enfermagem + Matemática = Saúde2 (EEWB); Planetário (Mast) e Ciência Interativa e Projetos Especiais (Unifei).

 A SNCT acontece desde 2004, e tem apresentado uma crescente participação de público e de instituições de pesquisa e ensino. Sua finalidade principal é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia, para valorizar a criatividade, a atitude científica e a inovação. Objetiva-se ainda mostrar a importância da C&T para a vida de cada um e para o desenvolvimento do país. As atividades da SNCT possibilitam que a população brasileira conheça e discuta os resultados, a relevância e o impacto das pesquisas científicas e tecnológicas e suas aplicações.

 A Unifei já participou de edições anteriores da SNCT, nas quais realizou Jornadas de Iniciação Científica, exposição de C&T, palestras e apresentações, eventos de cultura e arte, além de exposição de brinquedos e atrações para difusão da ciência. Essas atividades foram focadas no público de estudantes e professores dos ensinos fundamental e médio e demais interessados.

 Segundo a PRPPG, durante a SNCT é apresentada uma pequena amostra de trabalhos desenvolvidos por pesquisadores da Unifei, como uma forma de prestação de contas da Universidade para com a sociedade. Deste modo, e com posição de destaque na SNCT, a Jornada de Iniciação Científica consolida-se como um espaço ímpar para a divulgação de troca de experiências entre alunos e pesquisadores que desenvolvem, no âmbito da pesquisa e desenvolvimento acadêmico, trabalhos de IC na Unifei.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual desses nomes deveria ser o próximo prefeito de Itajubá/MG

40.4%
18.3%
24.5%
4.4%
12.4%